Instagram: engajamento via influenciadores é o menor de todos os tempos. Entenda!

Belle Delphine, com 4,4 milhões de seguidores no Instagram, é uma gamer que em 1 mês vendeu por US$ 30 cada vidro da água que usou para tomar banho. Por outro lado, Arianna Renee, com 2,6 milhões de seguidores na mesma rede social, não conseguiu vender 36 camisetas da própria marca. O poder das mídias transformou “influencer” em profissão.

Durante anos, esse mercado parecia não ter limites (vide Selena Gomez como “embaixadora” de xampu para seus mais de 200 milhões de seguidores), mas um estudo da empresa de análise de mercado InfluencerDB mostra que as taxas de engajamento caíram ao menor nível registrado à medida que o Instagram tem se tornado superlotado de posts patrocinados.

Um estudo da empresa CivicScience feito em janeiro deste ano revelou que, nos Estados Unidos, de 23% a 34% das pessoas fizeram compras por causa de um influenciador; e quase todas as campanhas (93%) usam o Instagram, de acordo com uma análise do CreatorIQ em 2018. O número de influenciadores usando a hashtag #ad subiu 133% no ano passado.

Em 2019, a taxa de engajamento para posts patrocinados despencou de 4% nos três anos anteriores para 2,4%. A queda atingiu a todos: influenciadores de viagens, conhecidos por terem as maiores taxas de engajamento, sofreram diminuição média de 8% em 2018 para 4,5%. A InfluencerDB também observou perdas entre influenciadores de beleza, moda, alimentação, estilo de vida, esportes e condicionamento físico.

Leia também: Como o fim das curtidas no Instagram impacta a publicidade

Quando menos é mais

Ao contrário do que se pensa, quanto menos seguidores, melhor. Por quê? Influenciadores com pelo menos 10 mil seguidores têm engajamento de apenas 3,6%; de 5 mil a 10 mil, têm 6,3%; e influenciadores com mil a 5 mil seguidores têm a maior taxa de engajamento: 8,8%.

Se o Instagram dá sinais de ser terra devastada, outras redes sociais são promissoras. O TikTok, plataforma de compartilhamento de vídeos que explodiu na China antes de entrar nos EUA em agosto do ano passado, mostrou-se um campo fértil como o YouTube jamais foi.

Posts relacionados

Links patrocinados: como “roubar a cena” de forma íntegra com seu conteúdo

Se você ainda não incluiu os links patrocinados na sua estratégia, está perdendo a oportunidade de “roubar a cena” de forma íntegra. Estamos  te falando isso porque se você quer ter um lugar de destaque no Google ou em qualquer outro lugar na internet, você precisa trabalhar para isso....

Leia mais...

Como criar personas para o seu negócio

Você deseja saber como criar personas? Imagine se pudesse ter em mãos todas as informações e dados sobre o seu cliente ideal? Imagine se tudo o que você fizesse fosse baseado nos gostos e necessidades dele? Isso é possível? Sim, e nós vamos te explicar como! A partir do...

Leia mais...

Uma ferramenta para vender, faturando muito mais: Instagram Shopping

Vamos começar por: O que é o Instagram Shopping?  É uma funcionalidade do Instagram que permite que você deixe os preços em exposição juntamente com o produto, funcionando como uma vitrine virtual. Mas antes de aprender como configurar você precisa saber quais são os pré-requisitos para ativar a funcionalidade: ...

Leia mais...
pornvids.xyz indoporno.xyz rentalmobilpontianak.xyz videobokep18.xyz fullbokep.xyz videobokepxxx.xyz bokeppro.xyz filmbokeps.xyz videopornoindo.xyz bokepbaru.xyz