fbpx

Versão top do Mac Pro poderá custar mais de US $ 35 mil

Em conversão direta para a nossa moeda, a versão topo de linha do Mac Pro custaria mais de R$ 130 mil

A Apple anunciou na sua conferência para desenvolvedores, ontem (3/06), que o Mac Pro começa a ser vendido a partir de US $ 6.000, mas a empresa deixou de mencionar quanto custará o modelo topo de linha.

Com isso, o canal The Verge comparou peças equivalentes às especificações de ponta que a empresa promete entregar com o supercomputador. Acontece que: US $ 33.720,88 (em conversão direta, mais de 130 mil reais) foi o preço mínimo encontrado – isso sem contar com as quatro GPUs, o que poderia facilmente elevar o valor para cerca de US $ 45.000.

Por essa razão, apenas editores de vídeo com um orçamento bem alto poderiam aproveitar o processador Intel Xeon W de 28 núcleos, 1,5 TB de RAM, 4 TB de armazenamento SSD e quatro processadores AMD, além das GPUs Radeon Pro Vega II Duo. Adicionando um monitor Pro Display XDR e um Pro Stand, o computador estaria pronto para atuar, porém ao custo de quase 50 mil dólares.

Para começar, sabemos que a Apple está vendendo o Mac Pro a partir de US $ 6.000 no modelo básico. Esse preço deve incluir coisas como placa-mãe, fonte de alimentação, dissipador de calor, sistema de arrefecimento e chassis. Se acompanhar CPU, GPU e memória RAM, não importa muito, porque, para montar um topo de linha, pois será preciso substituir tudo.

Se você quiser chegar aos 1,5 TB de memória RAM irá utilizar os 12 slots DIMM acessíveis. Neles, entrarão 12 unidades de 128 GB de RAM; a cerca de US $ 1.388,99 cada, o que chega a US $ 17.867,88.

Sabemos também que a Apple cobra US $ 2.400 para atualizar seu iMac Pro para 4 TB de armazenamento, então podemos imaginar que seria provavelmente cobrado o mesmo para atualizar o Mac Pro.

A Apple não especifica qual processador Intel Xeon de 28 núcleos será lançado com o Mac Pro, mas olhando para o banco de dados de produtos da Intel, a opção mais próxima é o Intel Xeon W-3275M, listado pelo preço de US $ 7.453.

Fora isso, temos até quatro GPUs Vega no total: Duas placas Vega II Duo, cada uma com duas GPUs, ligadas em conjunto com o Infinity Fabric Link, da Apple, em dois módulos MDX, também da Apple. Qualquer que seja o valor final disso, não será barato. Elas ainda não foram precificadas, mas assumindo que o valor seja semelhante às ofertas do Quadro RTX, da Nvidia, seu custo seria de US $ 6.300, resultando em um pouco mais de US $ 12.000.

Junto com o Mac Pro, a Apple anunciou o monitor XDR PRO. Claro, você poderia usar um display mais barato (e menor), mas o Pro Display XDR foi projetado especificamente para emparelhar com o Mac Pro, então você talvez queira um, ao custo de US $ 5.000. Ou seis, que é o máximo suportado.

Adicionando mais alguns itens extras como o Apple Pro Stand, um Magic Keyboard e um Magic Trackpad, chegaríamos a mais US $ 1.300.

Se podemos tirar alguma conclusão disso é que se você não é um editor profissional que ganha a vida com design, produção e edição de conteúdo, mantenha-se no básico e guarde os 30 mil dólares no seu bolso.

Fonte:Olhar Digital

 

Related posts

Novidade! Criadores de conteúdo poderão vender produtos no Instagram a partir do dia 9 de julho

Por conta da pandemia de Covid-19, o Instagram irá ajudar criadores de conteúdos, que não podem fazer vendas presenciais, com recursos de vendas disponível diretamente no aplicativo. A plataforma anunciou nesta terça-feira (23) novos Requisitos de Elegibilidade para o Comércio que expandem o acesso ao Instagram Shopping para mais...

Leia mais...